Como definir o foco de uma empresa que trabalha em dois mundos diferentes — consultoria corporativa e mercado imobiliário? Primeiro, precisamos considerar que são dois departamentos independentes, mas ambos se encontram debaixo do mesmo teto. Porém, se olharmos de forma mais atenta, encontramos dois pontos onde essas operações se cruzam: intermediação e valor agregado.

Ser um intermediário exige habilidades específicas, como respeitar e satisfazer as necessidades de ambos os lados: quem defendemos e aqueles que queremos atrair. Além disso, é necessário ter um conhecimento global do negócio e a capacidade de articular
e convencer.

Transformar o valor potencial em valor real requer estruturas personalizadas, juntamente com habilidades para fazer a oportunidade brilhar.

Então, qual é o foco?
Gerar valor para clientes, parceiros e colaboradores. Isso é alcançado por meio de processos estratégicos seguros, objetivos e confidenciais, que garantem a excelência desde a concepção até a execução.